Armadilhas de satanás, ou melhor, do identitarismo vulgar: Para quem não sabe, o Bradesco tem na internet uma campanha no mínimo estranha sobre a

Bia, a sua assistente virtual ou IA que agora “empoderada”, não aceita mais assédio sexual fazendo a egípcia como antes, agora ela, a máquina, ostenta que responde de forma altiva a brincadeirinhas de clientes. Isso tudo para passar uma imagem identitária de apoio a mulher contra o assédio. Será que a mesma postura incentivada para a máquina também é estimulada às funcionárias que trabalham nessa empresa? Hum? Não sei. Só sei que o Bradesco estava presente…

JavaNunes

Homossexual q gosta só de héteros, pobre, catador de latinhas, com ensino básico, português ruim , filho de uma puta, eternamente virgem e solteiro. By Twitter

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store